Certificação

A certificação da propriedade é o primeiro passo para o produtor requerer o Selo de Qualidade BSCA para o seu produto. A certificação da propriedade é uma garantia de que o café foi produzido dentro dos pilares ambientais, sociais e econômicos respeitados. Com a propriedade certificada, ganha o produtor e o consumidor, já que existe a garantia de que a água, florestas, áreas de preservação, rios, córregos e o próprio clima do ambiente estão preservados. Com isso, a própria produção se beneficia de forma consciente desses meios.

A certificação garante uma produção sustentável do café, mas não avalia ou garante que o perfil sensorial final seja satisfatório. Porém, quando se cuida dos processos, as chances de se ter um café de qualidade sempre aumentam. É aqui que entra a BSCA para ajudar o produtor no processo de qualidade do grão.  

Confira abaixo os itens necessários para adquirir o Selo de Qualidade BSCA:

1. O produtor deverá ser associado da BSCA na categoria produtor e ter a propriedade certificada.

2. O associado deverá enviar uma amostra de 2kg do lote a ser certificado à BSCA.

3. A BSCA codificará esta amostra, enviará 200g a três degustadores (escolhidos por sorteio dentre o quadro de classificadores da BSCA) e ao responsável técnico da BSCA. O restante da amostra ficará arquivado no laboratório da BSCA.

4. Os classificadores avaliarão as amostras quanto ao tipo, cor, aspecto, peneira e torra. Se a amostra for reprovada em qualquer um desses requisitos, ela será invalidada e não seguirá para o teste de grãos torrados e moídos.

5. A avaliação dos grãos torrados e moídos é feita pelos mesmos classificadores nos aspectos, bebida limpa, doçura, acidez, corpo, sabor, gosto remanescente e balanço geral. Para ser certificado, o café deverá obter pontuação maior ou igual a 80 e nenhum parâmetro igual a zero.

6. As amostras aprovadas recebem o certificado BSCA.

7. O certificado é entregue ao produtor, que o repassa para o comprador (cliente) do lote de café certificado, juntamente com o café.

8. O produtor que certificou o lote deverá informar à BSCA, a(s) empresa(s) compradora(s) do lote certificado (total ou parcial), bem como a quantidade vendida e país de destino.

9. O comprador do lote de café certificado poderá adquirir selos do controle de rastreabilidade do processo de certificação BSCA. A BSCA enviará os selos, de acordo com o peso das embalagens de venda (136g, 250g etc), na proporção de 50 kg por saca (devido à perda de peso durante a torra).